fevereiro 22, 2017

Quebrando o Encanto? Percy Jackson



Percy Jackson
Rick Riordan

"(...) O chalé alugado ficava na margem sul, lá na ponta de Long Island... Eu adorava o lugar. Íamos para lá desde que eu era bebê. Minha mãe ia ainda havia mais tempo. Ela nunca disse exatamente, mas eu sabia por que a praia era especial. Era o lugar onde conhecera meu pai. (...)."
(Percy Jackson e o Ladrão de Raios – Capítulo Três – Grover de repente perde as calças)

Explorando novos caminhos

Assim como Harry Potter, personagem da autora J.K. Rowling, Percy Jackson não sabe que é um garoto especial. Um menino com poderes e pais que o diferencia de outras crianças e o torna um chamariz de monstros e deuses. Mas a comparação entre o bruxinho e o meio-sangue termina por aí.

Nosso herói, filho de Poseidon, não é um pré-adolescente de doze anos, como na obra, mas um adolescente comum que não arruma encrencas com os amigos do colégio, enfrenta o padrasto e não está muito preocupado com os deuses e seus problemas no Monte Olimpo.

Ao contrário da adaptação da obra de Harry Potter para os cinemas – com o primeiro e o segundo filmes, também sendo dirigidos por Chris Columbus – a franquia de Percy Jackson não seguiu, com fidelidade, cada cena e trama da história. O diretor acrescentou, criou e cortou passagens, o que gerou reclamações. Muitos leitores da série torceram o nariz.

A história já se inicia com um Percy mais velho que não descobre sozinho quem é o seu pai. Essa é uma das melhores passagens do livro, pois Percy tem conhecimento de seus poderes de uma forma bem inusitada: dentro de um banheiro. Há também o relacionamento dele com sua mãe, mais explorado nas páginas. E um detalhe que aborreceu os fãs. Annabeth é uma garota de cabelos claros e não castanhos escuros. Parece um pequeno deslize? Mas não é que os leitores notaram e reclamaram! Não querendo comprar briga e agradá-los, no segundo filme da série – Percy Jackson e o Mar de Monstros – a atriz que interpreta a personagem, Alexandra Daddario, pintou os cabelos de loiro.

Mas há de admitir que o trio escolhido para recuperar o raio-mestre de Zeus – Logan Lerman, Brandon T. Jackson e Alexandra Daddario, respectivamente, Percy Jackson, o sátiro Grover e a filha da Deusa Atena, Annabeth – são uma equipe bem entrosada e divertida.

fevereiro 21, 2017

Folheando as Páginas de Diários do Vampiro

Uma legião de leitores acompanhou na década de 90, a história de amor entre uma mortal e um vampiro. Escrito por L. J. Smith, a série Diários do Vampiro é uma leitura divertida. Para comemorar a existência de 10 anos do selo Galera Record, a editora relança 10 entre os maiores clássicos para ganhar um tratamento especial: edições comemorativas com capa dura, além de design de capa e miolo totalmente renovados.

E o primeiro livro é o título de estreia da série Diários do Vampiro, uma referência no universo pop juvenil. Sucesso literário, a obra ganhou várias ramificações. Além de uma série de TV homônima, “Diários do Vampiro” deu origem a subséries, tanto na literatura quando na televisão. 

Em “O despertar”, somos apresentados aos irmãos e inimigos mortais, Damon e Stefan Salvatore. Assombrados por um passado trágico, eles vivem nas sombras desde a Renascença italiana. Condenados a uma vida solitária - após serem transformados em vampiros – eles se encontram séculos mais tarde. E no caminho deles cruza Elena Gilbert, uma adolescente bela e popular. Órfã de pai e mãe, ela acaba de passar uma temporada na França, ao lado de sua tia Judith e de sua irmã Margaret. De volta à cidade-natal, a jovem revê os amigos e os professores do colégio. 

Mas no primeiro dia de aula, a presença de um belo e enigmático rapaz chama a atenção de Elena, que com a ajuda das amigas Bonnie e Meridith, tramam planos para tentar conquistá-lo. Enquanto isso, uma série de ataques começa a ocorrer em Fell´s Church. E o pânico se instala quando um professor do colégio é morto.

Em ‘O Confronto’ Damon está determinado a destruir o irmão. Belo e astuto, ele se infiltra no cotidiano de Fell´s Church com o intuito de conquistar Elena Gilbert. Ameaçado, Stefan precisa lutar e controlar seus instintos.

Enquanto isso, para proteger Stefan e seu segredo, Elena precisa encontrar seu diário. Quem quer que o roubou está usando suas palavras para incriminar seu namorado pelos assassinatos e ataques na cidade. Mas como provar que Damon está por detrás das mortes? E como evitar a aproximação de Damon? Mesmo apaixonada por Stefan, Elena precisa lutar para não ceder aos encantos do seu charmoso e perigoso irmão.

Trecho da Obra

“(...) Ela estava caindo. Não conseguiu deixar de se agarrar a ele como a única coisa sólida no mundo em disparada. Depois ele pousou, como um gato, absorvendo facilmente o impacto.
Stefan havia feito algo parecido uma vez. Mas Stefan não a segurou desta forma depois, dolorosamente perto, com os lábios quase em contato com os dela.
- Pense em minha proposta – pediu ele.
Ela não conseguia se mexer nem virar o rosto. E desta vez Elena sabia que não era o Poder que ele usava, mas simplesmente a atração desenfreada que havia entre os dois. Era inútil negar isso; seu corpo reagia ao dele. Ela podia sentir a respiração de Damon nos próprios lábios (...).”

fevereiro 20, 2017

Quebrando o Encanto? Percy Jackson



Percy Jackson
Rick Riordan

“(...) Dizem que os olhos são o espelho da alma. Eu espero que achem meus olhos atraentes (...).” - Medusa.
(Percy Jackson e o Ladrão de Raios - Filme)

Marcando um encontro

O mundo mitológico de Percy Jackson deixou o Acampamento Meio-Sangue em 2010, quando o estúdio 20th Century Fox e o diretor Chris Columbus - que já voara em uma vassoura para o mundo bruxo de Harry Potter - levou para as telas do cinema a história do filho do Deus Poseidon.

Conhecer Grover, Quíron, Annabeth, Gabe Cheiroso, Sally Jackson, Luke, Clarisse, entre muitos outros personagens criados por Riordan foi tão divertido quanto visitar o Oráculo no sótão; visitar o Empório de Jardim da Tia Medusa; passar alguns dias no Cassino Lótus e conhecer Caronte, o Barqueiro que leva as almas dos mortos para o Mundo Inferior. 

Mas percorrer as estradas dos Estados Unidos foi uma grande aventura. A viagem não foi tranquila, pelo contrário, encontramos com muitos seres assustadores e Deuses bem temperamentais, mas desde quando uma missão é fácil?

Você irá para o oeste, e irá enfrentar o Deus que se tornou desleal.
Você irá encontrar o que foi roubado, e o verá devolvido em segurança.
Você será traído por aquele que o chama de amigo.
E, no fim, irá fracassar em salvar aquilo que mais importa.
(O Oráculo)

fevereiro 19, 2017

Últimas Notícias


Depois dos sucessos Uma Aventura LEGO® e LEGO® Batman – O Filme, a Warner Bros. Pictures divulgou o primeiro trailer e as artes de LEGO® Ninjago – O Filme.
 

Na nova aventura de animação, a batalha por Ninjago City põe em ação o jovem Mestre-Construtor Lloyd, também conhecido como Ninja Verde, ao lado de seus amigos, que são todos guerreiros ninja secretos. Guiados pelo Mestre Wu, que é tão rabugento quanto sábio, eles precisam derrotar o vil senhor de guerra, Lorde Garmadon, “O Pior Cara de Todos”, que também é pai de Lloyd. 

Com duelos de habilidades e poderes, de pai e filho, o confronto épico vai colocar em jogo o futuro deste corajoso, mas também indisciplinado grupo de ninjas modernos, que terão que aprender a deixar de lado seus egos e se unir para encontrar e libertar seus reais poderes de Spinjitzu.
 

Lançamento previsto para 21 de setembro de 2017 no Brasil.



Quebrando o Encanto?


Ao longo deste ano, a cada mês, estarei dividindo com vocês algumas histórias literárias adaptadas para o cinema e para a TV. 

No mês de março acompanharemos os irmãos Baudelaire. Três jovens inteligentes que precisam lidar com um repulsivo vilão. Conheceremos a história de Desventuras em Série. Deliciosa série de treze livros escritos por Lemony Snicket (Patrick Warburton). 

Se você ainda não caminhou ao nosso lado, trocando confidências, ouvindo os planos e acompanhando as aventuras, seja bem-vindo!

Uma paradinha para pensar


Confesso que fico intrigada quando me deparo com artigos de Contos de Fadas veiculados na mídia. Enquanto alguns abordam as histórias de princesas, bruxas e fadas destacando sua moral e temática mágica, outros, têm como proposta enfatizar os aspectos mais cruéis e imorais que rechearam as páginas das primeiras edições publicadas na época do seu lançamento.

‘O Lado Sombrio’, ‘A Origem Sangrenta’, “A Verdadeira Moral’ e assim por diante. A proposta destes artigos, segundo seus autores, é a de inserir as histórias nos acontecimentos atuais da humanidade e, também, a de entreter os seus leitores.

Interessante? Para os adultos, talvez. Para as crianças, não.